Mark Webber, sétimo, esperava largar mais à frente em Cingapura

"Foi uma sessão complicada, porque o equilíbrio ia mudando a cada parte da classificação, revelou o piloto da Red Bull

Quando muita gente apontava uma dobradinha da Red Bull no treino classificatório para o GP de Cingapura, a terceira posição de Vettel e a sétima de Webber foram, de certa forma, uma surpresa. Falando ao TotalRace no circuito de Marina Bay, Mark Webber reconheceu que queria ter ficado mais bem posicionado, mas que, no fim das contas, foi uma posição justa pelo que o carro rendeu.

"Queria ter largado mais à frente, foi um pouco difícil sentir o carro nessas condições. Mas é isso, o qualifying não te dá outra chance: as vezes funciona para você, as vezes não. Nunca tivemos o acerto que queríamos. Gostaria de ter alguns décimos a mais pelo que sinto que dá para tirar do carro, mas não conseguimos o equilíbrio que queríamos. Foi uma sessão complicada, porque o equilíbrio ia mudando a cada parte da classificação. No fim, ficamos onde merecemos", disse Mark Webber.

Para a corrida deste domingo, Webber exercitará a virtude da paciência, mas sem deixar de pisar fundo com o pé direito: "Você tem que adotar um bom ritmo durante a corrida, mas claro, isso é um GP, então precisa acelerar fundo", finalizou o piloto que conta com 132 pontos no campeonato e ocupa a quinta colocação.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias