Marko: Programa da RBR tira pilotos que não trabalham duro

Consultor do time austríaco, Helmut Marko relembra desligamento de pilotos e fala de polêmicas com Mark Webber

Figura controversa no meio da Fórmula 1, Helmut Marko - consultor de automobilismo da Red Bull - falou sobre assuntos polêmicos de sua carreira de gestor de talentos ao site oficial da F1.

Responsável por trazer e tirar sem muita cerimônia inúmeros pilotos da F1, como Scott Speed, Sebastien Buemi, Jaime Alguersuari, Jean-Eric Vergne e Daniil Kvyat, ele falou que acredita que os dispensados por seu programa simplesmente não trabalharam tão duro quanto os outros que seguiram.

"Quando eu estava correndo nós tínhamos que nos ajudar", disse Marko.

“Mas me diga o que qualquer um dos pilotos que tiramos do programa da Red Bull fez depois. Todos eles tinham um certo talento e uma certa velocidade. Mas eles não estavam trabalhando duro o suficiente, esse era o problema”.

Depois de entrar em uma polêmica com Mark Webber no fim de 2012, quando disse que o australiano, por não ser tão bom quanto Vettel precisava cooperar para o alemão ser campeão, o austríaco se justificou. 

“Você tem que dar uma solução”, falou. “Infelizmente, isso significa que, normalmente, se você não entrega, você tem que terminar cooperando.”

"Com Mark, foi uma má interpretação. Não pretendia ser indelicado, mas digo o que acredito e o disse para que ele fizesse algo melhor. Você precisa ajudar as pessoas a criar suas próprias soluções."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias