Marko sobre Kvyat: “não vejo isso como rebaixamento”

Consultor e chefe do programa de pilotos da Red Bull, ex-piloto austríaco viu russo não suportando “pressão” de Daniel Ricciardo

A troca de Daniil Kvyat por Max Verstappen na Red Bull pegou de surpresa o mundo da Fórmula 1 na manhã desta quinta-feira. Na manobra, o russo desceu de novo para a Toro Rosso, para o lugar do holandês de 18 anos. A troca será válida até o fim desta temporada.

O responsável por tudo isso é o austríaco Helmut Marko. Consultor de automobilismo da Red Bull, ele é a ponte entre o programa de pilotos e o chefe da marca de energéticos, Dietrich Mateschitz.

"A decisão foi tomada depois da Rússia", disse Marko ao alemão Auto Bild.

"Tornou-se cada vez mais claro que Daniil Kvyat não poderia suportar a pressão de Daniel Ricciardo. Ele estava andando mais do que poderia.”

"Queríamos levá-lo para o melhor equipamento e o ajudar em sua carreira, em vez de prejudicá-lo.”

"Kvyat, em parte, entende. Eu não vejo isso como um rebaixamento. A Toro Rosso está em um nível muito bom neste ano.”

"Max terá que desafiar Ricciardo agora, o que não é fácil. Daniel está muito forte neste momento.”

"No final do ano, as cartas serão embaralhadas de novo (sobre as formações de pilotos de Red Bull e Toro Rosso). Isso também significa que Carlos Sainz terá de melhorar."

Participe da nossa enquete:

 

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat , Max Verstappen
Tipo de artigo Últimas notícias