Marko vê a Red Bull punida por ter aerodinâmica tão superior

Consultor da empresa austríaca critica postura das equipes rivais em relação ao acordo para redução de gastos

Marko comemora vitória da Red Bull

A Red Bull está sendo “punida” e copiada por sua aerodinâmica mais avançada que as rivais. É este o diagnóstico do consultor da empresa de energéticos, Helmut Marko. De acordo com o austríaco, a briga da equipe dentro da associação das equipes é para clarificar os parâmetros do acordo de restrição dos gatos – o time bicampeão do mundo é constantemente questionado acerca de seu orçamento.

“A FOTA é uma associação que deveria cuidar e otimizar os interesses das equipes – e isso parece ser difícil, porque a maioria das equipes obviamente só olha para sua própria vantagem e, ao fazer isso, não olham o todo”, afirmou Marko ao site oficial da F-1.

“Nossa visão é que, como os motores e o Kers não fazem parte do acordo de restrição de gastos, é o caso de adotar os parâmetros precisos. A ideia de gastar menos é o certo, mas punir a Red Bull do lado aerodinâmico enquanto motor e Kers não fazem parte do acordo é difícil de aceitar.”

Falando sobre o sucesso da equipe nos últimos dois anos, o ex-piloto austríaco afirmou que a palavra-chave é continuidade.

“Diria que a palavra mágica é provavelmente continuidade no nível superior da tomada de decisões, mas também imediatamente abaixo. Não mudamos nos últimos três anos. Alguns mudaram de um departamento para o outro de acordo com seus talentos, mas fica tudo na família”.

Marko se diverte quando fala de como a equipe se tornou referência para os demais projetistas.

“Olhando o decorrer da temporada, cada vez mais os carros se pareciam com o RB7, só tinham pinturas diferentes. Com o passar do ano, cada vez o grid tinha mais RB7s.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias