Martin Whitmarsh: sem medo em apostar em jovens talentos

Chefe da equipe McLaren está empolgado em poder construir outra jovem promessa na F-1, como fez com Mika e Lewis

Com a recém-contratação do piloto da Sauber Sergio Perez para fazer parte do time McLaren na temporada 2013, muito se fala em pressão em cima do jovem mexicano. Martin Whitmarsh ainda não sabe como seu novo pupilo irá se comportar, mas, segundo ele, trabalhar jovens pilotos lhe traz grande felicidade.

"Alguns de meus grandes momentos que tive na vida foram trabalhando com Mika (Hakkinen) quando jovem; ele venceu o mundial. Depois teve Lewis (Hamilton), quando fiquei muito empolgado em trabalhar com ele ainda bem novo. Agora é a vez de Sergio Perez, que é jovem, batalhador e talentoso", falou Whitmarsh.

"Todavia, se ele não demonstrar no GP da Austrália um bom trabalho, ficando fora das duas primeiras filas, a pressão começará", completou.

"Mas vamos prepará-lo bem. Ele quase não irá para o México (risos), o que quer dizer que estará muito no simulador, conversará muito com os engenheiros e com o pessoal da estratégia", revelou.

Sobre o porquê da contratação de Perez, Whitmarsh novamente brincou: "Nós somos muito britânicos, por isso um pouco de sangue latino seria interessante (risos)", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias