Marussia aposta em corrida maluca para recuperar o 10º lugar

Equipe de Glock e Pic precisa classificar um de seus carros em 12º para superar a Caterham no Mundial de Construtores

Marussia é a penúltima do Mundial

Depois da Caterham consquistar, com Heikki Kovalainen, a 13ª colocação no GP de Mônaco e, assim, roubar o décimo posto no Mundial de Construtores, a Marussia tem no GP do Canadá sua primeira chance de atingir seu novo objetivo: pelo menos um 12º posto.

A equipe de Timo Glock e Charles Pic vê uma grande oportunidade de atingir o feito em Montreal, cujo GP é conhecido pelas confusões e abandonos.

“No passado, Montreal sempre teve suas surpresas: tivemos de tudo desde pequenos animais [na pista] até chuva torrencial. De acordo com a previsão, o clima deve ir de muito calor a muita chuva durante o final de semana”, afirmou o chefe da equipe, John Booth.

A décima posição entre as equipes é importante por garantir uma fatia no bolo dos direitos de televisão, ao contrário das duas últimas colocações.

“Esperamos que o Canadá represente uma virada para nós. Nossa decepção está centrada menos no desenvolvimento do carro e mais em alguns problemas de acerto e confiabilidade, particularmente no caso de Charles. Precisamos que os dois carros se classifiquem consistentemente e cheguem ao final das provas”, explicou o dirigente.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Timo Glock , Charles Pic
Tipo de artigo Últimas notícias