Marussia comemora melhoras, e Kova lamenta GP acidentado

compartilhar
comentários
Marussia comemora melhoras, e Kova lamenta GP acidentado
Por: Julianne Cerasoli
2 de set de 2012 13:03

Saiba como foi a corrida da Bélgica sob a ótica das equipes que formaram o fundão do grid

Enquanto Heikki Kovalainen teve um final de semana para esquecer pela Caterham, a Marussia mostrou sua evolução com as novidades levadas ao GP da Bélgica e promete se distanciar da lanterna HRT.

Vitaly Petrov, Caterham, 14º: “Tive uma corrida muito boa e estava forçando o máximo que podia por toda a tarde. Por isso, acho que terminei na melhor posição possível. Consegui me livrar do acidente da largada e mantive um bom ritmo por toda a prova.”

Timo Glock, Marussia, 15º: “Estávamos realmente disputando depois de avanços muito positivos feitos pela equipe. Trouxemos grandes updates para o carro, e o time também trabalhou muito bem para que eu superasse o problema que tive nas últimas corridas. Perdi tempo com o problema com Maldonado no começo, mas ainda assim conseguimos disputar com os demais.”

Charles Pic, Marussia, 16º: “Não larguei bem e fiquei preso atrás de De la Rosa por muito tempo. Escolhemos fazer uma parada e isso funcionou bem para nós. Realmente estava com dificuldades com a degradação e Timo me passou e abriu. Mas fiquei feliz com o progresso que mostramos nesta prova.”

Heikki Kovalainen, Caterham, 17º: “Larguei muito bem e estava em décimo quando o SC entrou. Depois, cometi um pequeno erro na chicane e perdi posições. Depois, voltei a ter um bom ritmo logo atrás de Vitaly. Na minha primeira parada, fui liberado em cima da HRT. Não foi um bom final de semana, mas vamos virar o jogo e brigar na Itália.”

Pedro de la Rosa, HRT, 18º: “Foi uma corrida intensa do começo ao fim. Não consegui sair totalmente do incidente na largada, porque fiquei preso no meio de outros carros e fui atingido algumas vezes. Por isso tive de trocar a asa. Tudo correu bem depois disso, consegui lutar com as Marussia e com Kovalainen. Foi uma corrida brigada e divertida.”

Narain Karthikeyan, HRT, abandonou: “Larguei muito bem e o carro estava fantástico no primeiro stint, permitindo que eu brigasse com Pic. Depois da segunda parada, tive problemas com a suspensão e acabei rodando. Foi uma pena porque fazia uma boa corrida, à frente de uma Caterham.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Toro Rosso comemora dois carros na zona de pontos na Bélgica

Previous article

Toro Rosso comemora dois carros na zona de pontos na Bélgica

Next article

Mercedes erra estratégia e Schumacher rebate Bernie sobre aposentadoria

Mercedes erra estratégia e Schumacher rebate Bernie sobre aposentadoria
Load comments