Marussia revela que carro não teve problema mecânico no acidente de Villota

Após análise do bólido, equipe constatou que não houve falhas eletromecânicas no MR01 em Duxford no fatídico 3 de julho

A Marussia concluiu a perícia no carro em que a espanhola Maria de Villota se acidentou, no início do mês, no aeroporto de Duxford. O time constatou que não havia nenhum problema no MR01 naquele dia.

"A Marussia realizou uma análise inicial imediatamente após o acidente", disse um comunicado publicado na segunda-feira. "O objetivo foi identificar as causas e fatores por trás do acidente. Tendo examinado cuidadosamente todos os dados e informações complementares disponíveis na época, a equipe julgou que não havia problemas relacionados com carro, e autorizou que esse chassi pudesse andar em um fim de semana de corrida", revelou o comunicado de imprensa da Marussia.

No acidente, Maria de Villota perdeu o controle de seu carro e bateu em um caminhão da equipe postado ao lado "pista" de testes. Após o impacto, a espanhola foi levada para o Hospital Addenbrookee e, em virtude dos ferimentos, perdeu seu olho direito. O último boletim médico informa que o quadro de Villota melhorou, mas ainda é grave.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias