Massa, 12º, enfoca trabalho na avaliação dos pneus Pirelli

Brasileiro acredita que degradação será grande; Alonso, oitavo do dia, vê margem para evolução até o domingo

Massa acelera na pista onde venceu duas vezes

A sexta-feira da Ferrari no deserto do Sakhir foi muito semelhante às outras três sextas do ano. Muitas voltas, tempos ruins e a expectativa que se pode melhorar do sábado em diante. Felipe Massa, o 12º do dia, buscou acertar a situação dos pneus Pirelli na pista quente do Bahrein.

"Foi um dia muito quente e nosso foco foi na avaliação do comportamento dos pneus Pirelli. Do que pudemos ver hoje, a degradação é significativa com ambos os pneus, mais do que em outras pistas. Foi um trabalho importante, visando especialmente a corrida, mas também pela classificação."

"Sem dúvida, ainda temos muito trabalho pela frente. O fundamental é achar uma solução consistente em performance mas tentando diminuir o a degradação de pneus", disse Massa, que já venceu duas vezes no Bahrein.

Único piloto a ter vencido mais vezes a prova barenita que Massa, Fernando Alonso estava contente por voltar a andar no circuito. "Tradicionamente, sempre me dei bem nesta pista, uma das poucas onde já venci três vezes. É sempre um prazer dirigir no Sakhir e mais uma vez me diverti."

"O primeiro dia do GP do Bahrein é sempre difícil, porque as condições da pista nunca são as melhores, especialmente pela poeira e o vento. Além disso, o circuito é raramente usado e dificulta a interpretação da sexta-feira, talvez ainda mais que os outros lugares. Talvez por isso pareça que os caminhos que tomamos não sejam os mais adequados. Mas precisamos ter em mente que a pista mudará muito de hoje até domingo. Temos muito o que fazer, principalmente na traseira do carro, onde precisamos encontrar mais aderência", finalizou o espanhol, oitavo do dia.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Fernando Alonso , Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias