Massa admite que Williams é sua única opção na F1 em 2018

Brasileiro, que negocia permanência para o ano que vem, afirma que não conversa com mais nenhuma outra equipe

Felipe Massa indicou que a Williams é sua única possibilidade de permanecer na F1 em 2018.

A equipe convenceu o brasileiro de deixar a aposentadoria de lado para formar dupla com Lance Stroll nesta temporada, já que Valtteri Bottas havia se transferido à Mercedes para substituir o campeão mundial Nico Rosberg.

Massa assinou um contrato de um ano e, apesar de estar em conversas com a Williams para permanecer por uma quinta temporada, uma decisão ainda precisa ser tomada.

Massa já afirmou que a Williams precisa mostrar vontade em mantê-lo e que ele não quer ser visto como um último recurso, quando não há outros pilotos disponíveis.

Quando perguntado se era Williams ou nada no ano que vem, ele disse. “Acho que sim. Ou talvez se algo acontecer, como Rosberg decidindo se aposentar. Mas não acho que vá acontecer.”

“Eu olho [para outras vagas], mas as equipes que vi talvez tenham uma direção diferente em termos de pilotos. Agora, não olho para outras equipes. Eu vejo se ficarei ou não.”

Massa, que já disse anteriormente que iria para a Fórmula E caso deixe a F1, acrescentou que ainda precisa decidir o que quer fazer.

“Ainda estou pensando. Ainda estou conversando com a equipe, para ver se eles me querem ou não. Eu preciso ter certeza de que eu possa ter um ano melhor.”

O Motorsport.com entende que a Williams limitou sua lista de candidatos a Massa, Robert Kubica e ao atual reserva do time, Paul di Resta.

Fontes indicam que a Williams não tem pressa para tomar uma decisão, já que ela está em forte posição diante da falta de vagas em outras equipes.

Ela também planeja dar a Kubica um teste privado em um carro de 2014.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias