Massa comenta sobre fase de Rosberg: "muda de equipe"

Piloto alemão não conseguiu ser páreo para Hamilton na temporada 2015

Felipe Massa viveu um pesadelo na Ferrari quando Fernando Alonso chegou em 2010 para ser o seu novo companheiro. Bicampeão mundial, o espanhol “tomou conta da equipe” e o brasileiro foi perdendo o espaço conquistado e que teve como auge o vice-campeonato de 2008.

Depois de quatro anos correndo lado a lado, Massa acabou substituído por Kimi Raikkonen, mas conseguiu se reerguer na Williams ao voltar a brigar por pódios e pelas primeiras posições.

A situação de Massa lembrou em pouco o que vive Nico Rosberg. Xodó da Mercedes desde que a equipe foi montada em 2010, o alemão sucumbiu diante de Lewis Hamilton nos dois últimos anos.

A irritação demonstrada por Rosberg após o GP dos Estados Unidos, no último fim de semana, quando Hamilton foi tricampeão, evidenciou que o humor do alemão acabou. 

Às vésperas do GP do México, Massa não se esquivou ao ser questionado sobre o momento de Rosberg na Mercedes.

“Acho que que nesse caso a chance de continuar piorando para o Rosberg é grande. Quando alguém tem essa sequência de vitórias vai ganhando a equipe para ele, enquanto a chance de o outro andar para trás é grande. A chance do Rosberg é mudar de equipe para começar tudo diferente”, disse Massa.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do México
Pista Autodromo Hermanos Rodriguez
Pilotos Felipe Massa , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias