Massa critica postura de Vettel na Malásia: "Arriscado demais"

Brasileiro reconhece que pilotos querem vencer sempre, mas lembra da importância de pensar nos interesses da equipe

Com um longo currículo de experiências com ordens de equipe, tanto a favor, quanto contra, Felipe Massa criticou a atitude de Sebastian Vettel de ignorar uma determinação da Red Bull de manter as posições no final do GP da Malásia. Para o brasileiro, não se deve arriscar o resultado da equipe neste tipo de situação.

Massa atuou como escudeiro de Kimi Raikkonen em 2007 e de Fernando Alonso nos últimos anos, assim como também foi ajudado pelo piloto finlandês em 2008 quando lutava pelo título.

 “Claro que você sempre pensa em lutar pela vitória", afirmou ao TotalRace. "Porém, estando em primeiro e segundo no final da prova, vale lembrar que você corre por uma equipe. Sem dúvida, Vettel arriscou demais, independentemente se venceu a corrida, pois poderia ter ocorrido algo como o que já aconteceu com eles – ainda bem que não, mas é importante nunca esquecer que você também pilota por uma equipe.”

O chefe de Felipe, Stefano Domenicali, diz entender a vontade de pilotos como Vettel de vencer, mas salientou que seus comandados compreendem que os interesses da equipe vêm em primeiro lugar.

“Do ponto de vista geral faz parte da competição, é parte do fato de que todo piloto acredita que é o mais forte, e é bom que seja assim. E é parte da maturidade dos pilotos que trabalham com a Ferrari compreender isso.”

A Ferrari é conhecida por interferir livremente na luta entre seus pilotos, sendo o episódio mais recente a violação do lacre do câmbio do carro do próprio Felipe Massa para que o brasileiro perdesse cinco posições no grid e seu companheiro, Fernando Alonso, ganhasse uma, quando o espanhol lutava pelo título com Vettel ano passado.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Felipe Massa , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias