Massa diz que Mercedes e Ferrari seguirão no topo em 2016

Piloto brasileiro aposta que a melhor chance da Williams será em 2017, quando haverá mudança no regulamento da Fórmula 1

Felipe Massa admitiu que a Willliams deverá ter dificuldades para conseguir ter o mesmo desempenho que as rivais Mercedes e Ferrari no próximo ano. De acordo com o brasileiro, a oportunidade da escuderia inglesa de bater as grandes será em 2017, quando haverá mudanças sensíveis no regulamento da Fórmula 1.

Embora a Williams seja uma equipe independente por não ter o apoio direto de uma montadora e contar com um orçamento mais enxuto, a equipe voltou a conquistar pódios e disputar as primeiras posições desde o ano passado.

O pulo da Williams deve-se em parte por usar os motores Mercedes. Nesta temporada, a Williams está em terceiro lugar no Mundial de Construtores.

“As duas equipes (Mercedes e Ferrari) são as mais bem adaptadas ao atual regulamento, especialmente a Mercedes”, disse Massa à publicação russa Championat.

“Com a estabilidade do atual regulamento, a Mercedes tem boas chances de se manter no topo. Para nós, precisamos continuar nosso trabalho.”

“E quando mudar o regulamento novamente, iremos fazer de tudo para compreender melhor que os outros. Mas antes das enormes mudanças para o regulamento de 2017, é difícil para nós fazer ainda melhor (do que estamos fazendo)”, completou.

Com 34 anos, Massa já tem contrato renovado com a Williams por mais um ano. Nesta temporada, o brasileiro ocupa a sexta posição da competição e tem dois pódios – Áustria e Itália.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias