Massa e Alonso negam que Ferrari esteja desenvolvendo F2012B

Brasileiro diz não acreditar que principal problema do carro seja a suspensão em pull rod, novidade da equipe para este ano

Ferrari está correndo atrás do prejuízo

Mesmo liderando o campeonato de pilotos com Fernando Alonso, a Ferrari sabe que precisa correr atrás do prejuízo de um carro que não nasceu nem perto do que os engenheiros esperavam. Classificado como “complexo” pelos próprios pilotos e equipe, o F2012 ainda está longe de poder lutar em condições normais por vitórias.

Por isso, é esperada ao menos uma grande evolução no mais tardar para o GP da Espanha, que abre a temporada europeia, em 13 de maio. Até lá, novidades são esperadas para os GPs da China e do Bahrein.

A Scuderia reconhece problemas com as saídas do escapamento, que tiveram de ser adaptadas após a solução inicial do projeto não funcionar como deveria, e há dúvidas a respeito da praticidade da suspensão em pull rod usada na dianteira, algo em que apenas o time italiano apostou neste ano.

De acordo com Felipe Massa, contudo, a aposta neste tipo de suspensão dianteira, algo que havia sido usado pela última vez pela Minardi de 2001, não é um dos problemas fundamentais do carro.

“Estamos trabalhando para fazer várias modificações no carro. Quanto à suspensão, é difícil dizer exatamente o que [será feito]. Estamos trabalhando para ver se conseguimos melhorar o carro o mais rápido possível, e estamos pensando em várias coisas”, garantiu o brasileiro ao TotalRace. “Não acho que [o problema] seja a suspensão, mas há várias coisas para desenvolver no carro. É lógico que não tem como fazer um carro do zero com tanto pouco tempo, mas estamos pensando em evoluções.”

Seu companheiro Fernando Alonso segue na mesma linha e nega que a Ferrari apresentará uma versão B do carro em Barcelona, o que significaria mudanças conceituais do carro.

“Não há nada disso. É verdade que estamos desenvolvendo o carro, como é normal, mas de forma constante, sem revoluções. Este carro tem muitos problemas e, por isso mesmo, uma ampla margem de melhora”, acredita o espanhol, líder do campeonato com 35 pontos, cinco a mais que o vice Lewis Hamilton, da McLaren.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso , Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias