"Massa é sensível e não é correto a mídia querer desestabilizá-lo", diz Bernie

Em entrevista ao periódico alemão SportBild, Ecclestone e Domenicali falam, dentre outras coisas, do relacionamento de Felipe com a imprensa

Felipe Massa

Felipe Massa não vem tendo uma boa temporada na Fórmula 1. Mas após um começo muito ruim, o brasileiro parece entrar em um ritmo melhor e mais consistente.

Em entrevista ao periódico alemão SportBild concedida na beira da raia olímpica de Montreal, no domingo de manhã do GP do Canadá, Stefano Domenicali e Bernie Ecclestone conversaram sobre assuntos ligados à atual temporada da categoria, e, dentre eles, sobre Felipe Massa.

No bate-papo, tanto o presidente da FOM (Ecclestone), quanto o chefe da equipe Ferrari (Domenicali) teceram elogios a Massa, mas também comentaram - especialmente Bernie - que Felipe é muito suscetível a críticas.

"Para mim é óbvio: Felipe é muito talentoso, não há o que se discutir...", disse Ecclestone.

Domenicali seguiu a mesma linha:

"Concordo inteiramente. Há muita pressão, mas me lembro muito bem que, em 2008, Felipe teve problemas nas duas primeiras corridas e, em seguida, lutou até o fim pelo título. Este ano não é muito diferente: após Felipe fazer uma grande corrida em Mônaco, os mesmos jornalistas que o tinham criticado começaram a me perguntar por que ele ainda não tinha um contrato para o próximo ano. Uma coisa é certa: como chefe da equipe, eu sempre o tenho incentivado e o protejido", disse o chefe de equipe.

E neste quesito 'proteger', Domenicali se refere, principalmente, à imprensa italiana, que sempre é muito dura com um piloto que não está no nível que eles desejam. Bernie Ecclestone comentou que Felipe é sensível às críticas impostas pela imprensa.

"Os meios de comunicação exercem uma pressão e tentam influenciar as decisões, e isso não acontece apenas na Itália. Alguns pilotos se preocupam menos com isso, mas há aqueles que são mais preocupados: Massa é sensível e não é correto a mídia querer desestabilizá-lo", finaliza.

Com o contrato de Felipe Massa encerrando-se no fim do ano, muito se comenta na Itália que o brasileiro pode não renovar com a equipe.

Perguntado se Sebastian Vettel poderia um dia correr na Ferrari ao lado de Fernando Alonso, Domenicali acredita que sim: “Acho que ambos são homens inteligentes e que poderiam coexistir em um mesmo time.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias