"Massa é sensível e não é correto a mídia querer desestabilizá-lo", diz Bernie

compartilhar
comentários
Por: Rian Assis
20 de jun de 2012 13:07

Em entrevista ao periódico alemão SportBild, Ecclestone e Domenicali falam, dentre outras coisas, do relacionamento de Felipe com a imprensa

Felipe Massa

Felipe Massa não vem tendo uma boa temporada na Fórmula 1. Mas após um começo muito ruim, o brasileiro parece entrar em um ritmo melhor e mais consistente.

Em entrevista ao periódico alemão SportBild concedida na beira da raia olímpica de Montreal, no domingo de manhã do GP do Canadá, Stefano Domenicali e Bernie Ecclestone conversaram sobre assuntos ligados à atual temporada da categoria, e, dentre eles, sobre Felipe Massa.

No bate-papo, tanto o presidente da FOM (Ecclestone), quanto o chefe da equipe Ferrari (Domenicali) teceram elogios a Massa, mas também comentaram - especialmente Bernie - que Felipe é muito suscetível a críticas.

"Para mim é óbvio: Felipe é muito talentoso, não há o que se discutir...", disse Ecclestone.

Domenicali seguiu a mesma linha:

"Concordo inteiramente. Há muita pressão, mas me lembro muito bem que, em 2008, Felipe teve problemas nas duas primeiras corridas e, em seguida, lutou até o fim pelo título. Este ano não é muito diferente: após Felipe fazer uma grande corrida em Mônaco, os mesmos jornalistas que o tinham criticado começaram a me perguntar por que ele ainda não tinha um contrato para o próximo ano. Uma coisa é certa: como chefe da equipe, eu sempre o tenho incentivado e o protejido", disse o chefe de equipe.

E neste quesito 'proteger', Domenicali se refere, principalmente, à imprensa italiana, que sempre é muito dura com um piloto que não está no nível que eles desejam. Bernie Ecclestone comentou que Felipe é sensível às críticas impostas pela imprensa.

"Os meios de comunicação exercem uma pressão e tentam influenciar as decisões, e isso não acontece apenas na Itália. Alguns pilotos se preocupam menos com isso, mas há aqueles que são mais preocupados: Massa é sensível e não é correto a mídia querer desestabilizá-lo", finaliza.

Com o contrato de Felipe Massa encerrando-se no fim do ano, muito se comenta na Itália que o brasileiro pode não renovar com a equipe.

Perguntado se Sebastian Vettel poderia um dia correr na Ferrari ao lado de Fernando Alonso, Domenicali acredita que sim: “Acho que ambos são homens inteligentes e que poderiam coexistir em um mesmo time.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Para Webber, é "perda de tempo" listar rivais pelo título agora

Previous article

Para Webber, é "perda de tempo" listar rivais pelo título agora

Next article

Koba celebra 7º lugar, enquanto Perez aposta em estratégia de prova

Koba celebra 7º lugar, enquanto Perez aposta em estratégia de prova
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa Shop Now
Autor Rian Assis
Tipo de matéria Últimas notícias