Massa elogia F1 em 2018: “É o que todo mundo quer ver”

compartilhar
comentários
Massa elogia F1 em 2018: “É o que todo mundo quer ver”
Bruno Ferreira
Por: Bruno Ferreira
12 de mai de 2018 18:15

Brasileiro admite estar mais relaxado ao voltar à F1 como visitante e enaltece a imprevisibilidade da temporada: “O líder é Hamilton, mas não deveria ser ele”

Aposentado da F1 desde o fim da temporada passada, Felipe Massa retornou ao paddock da categoria pela primeira vez durante as atividades do GP da Espanha, neste sábado (12).

O brasileiro, que agora ocupa cargo de dirigente na Comissão de Kart da FIA, descreveu a sensação de visitar os autódromos em uma posição distinta à qual estava habituado. Relaxado, o vice-campeão de 2008 acompanhou os treinos na garagem da Williams e, entre as atividades, pôde cumprimentar antigos colegas e atender a pedidos de fotos com fãs.

“Sem dúvidas é diferente. Estou acostumado a entrar no paddock com a mentalidade de acerto do carro, preocupado com o teu box, o teu carro, o teu lugar... E aí chego aqui e é completamente diferente, zero de pressão”, contou, em entrevista ao Motorsport.com em Barcelona.

“A ideia de abraçar as pessoas é um prazer imenso. Estou curtindo bastante, mas é bem diferente estar como piloto e estar aqui apenas para acompanhar, ver as pessoas. Foram 16 anos correndo – tem pessoas com quem não trabalhei, mas fizeram parte do meu meio, do meu mundo. Estou curtindo estar aqui.”

Agora acompanhando a categoria como espectador, Massa elogiou a imprevisibilidade da temporada de 2018, que já teve vitórias de Ferrari, Red Bull e Mercedes.

“É o campeonato que todo mundo quer ver, disputado e uma briga entre mais de uma equipe pela vitória na maioria das corridas”, disse.

“Há três equipes lutando pela vitória, que já venceram até agora. O líder do campeonato é o [Lewis] Hamilton, mas não deveria ser ele. O que ele fez de mais impressionante foi a classificação da Austrália e a de hoje [Espanha]. Mas na corrida ele não fez o que a gente tá acostumado a vê-lo fazer, e ele está liderando o campeonato por problemas do [Sebastian] Vettel e do [Valtteri] Bottas.”

“Nas últimas duas corridas, o safety car tirou a vitória do Bottas na China, e na última corrida ele passou em cima de um negócio faltando poucas voltas para acabar. E o Vettel também poderia ter vencido essas duas corridas, e nem um, nem outro está liderando”, destacou.

Próxima Fórmula 1 matéria
Verstappen: Estamos mais longe do que gostaríamos

Previous article

Verstappen: Estamos mais longe do que gostaríamos

Next article

Mercedes nega que tenha influenciado mudança de pneus da F1

Mercedes nega que tenha influenciado mudança de pneus da F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Localização Circuit de Barcelona-Catalunya
Autor Bruno Ferreira
Tipo de matéria Últimas notícias