Massa entende a torcida: "Eles querem ver o piloto na frente"

Queridinho das arquibancadas quando venceu duas provas em três anos, piloto fala em dar a volta por cima

Eles já chegaram a comemorar efusivamente um título por alguns segundos, mas, quatro anos depois, a torcida brasileira é reticente em relação a Felipe Massa. Desde aquela sua última vitória, no GP do Brasil de 2008, o brasileiro sofreu com más atuações e acatou ordens de equipe da Ferrari, coisas que não caíram bem com o público.

Mas Massa garante que seu sentimento em relação à torcida é o mesmo da época de lua-de-mel com as arquibancadas. “Torcida é sempre torcida. Sempre tive um carinho muito grande pela torcida brasileira e continuo tendo. É lógico que a torcida gosta de ver seu piloto ganhando corrida. Não tive a chance nesse ano e não fiz por merecer até a metade do ano. Na segunda metade, estou muito satisfeito com meu campeonato, acho que estou muito competitivo, estou guiando o carro como eu quero e sei o quanto posso ser competitivo.”

Massa diz entender por que o carinho da torcida não é o mesmo de quando conquistou, entre 2006 e 2008, três pole positions e duas vitórias seguidas em Interlagos. E acredita que dará a volta por cima em breve.

“O grande culpado por não ter chance de estar lutando pelo campeonato sou eu, por não ter vencido, e a torcida gosta de ver o piloto lá na frente. Quando você volta a andar bem, a torcida volta a apoiar e esquece tudo o que falou. Estou me preparando para o ano que vem e é nisso que estou pensando.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias