Massa não estranha vantagem de Alonso sobre Kimi: "Muito difícil vencê-lo"

Companheiros dos dois pilotos na Ferrari, brasileiro compara Alonso a Michael Schumacher: "Estão no mesmo nível"

Seis a zero nas corridas, quatro a dois em classificações e 61 a 17 em pontos. A diferença entre Fernando Alonso e Kimi Raikkonen na Ferrari neste início em muito lembra a vantagem que o espanhol conseguia nos quatro anos em que correu ao lado de Felipe Massa. Para o brasileiro, isso não é surpresa, pois, em sua opinião, é quase impossível vencer o bicampeão do mundo.

“Fernando e Michael (Schumacher) estão no mesmo nível. Talvez nas corridas Fernando até veja as coisas com mais clareza”, disse Massa ao Auto Bild, da Alemanha. Por isso, o piloto da Williams não estranha o fato de Kimi Raikkonen ter tanta dificuldade em bater o espanhol.

[publicidade] “Isto não é nenhuma surpresa para mim. Para vencer Fernando, seu carro tem que ser perfeitamente adequado ao seu estilo. Se tudo não for 100%, é impossível vencê-lo. Mesmo com tudo perfeito ainda é difícil ganhar de Fernando”.

Em Mônaco, o finlandês até chegou a andar à frente de Alonso, após uma grande largada, mas um pneu furado acabou tirando jogando Raikkonen para trás.

Raikkonen e Alonso foram os dois últimos companheiros de Massa, antes de correr ao lado de Valtteri Bottas na Williams. Contra o espanhol, Massa teve números bastante desfavoráveis, mas, contra Kimi, houve equilíbrio, apesar de o finlandês ter sido campeão e o brasileiro não.

“Ele terminou como campeão do mundo. Infelizmente tínhamos um acordo na equipe que, após Monza, seria definido o primeiro piloto. Eu estava na frente até então, mas lá acabei tendo um problema no carro”, lembrou.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias