Massa: "O que me interessa é ser honesto"

Brasileiro diz que não teve outra opção nos EUA a não ser aceitar a punição para ajudar a equipe na corrida do último domingo

Felipe Massa

Além de Fernando Alonso, Felipe Massa também foi questionado sobre o episódio acontecido no GP dos Estados Unidos, quando a Ferrari mexeu deliberadamente em seu carro para provocar uma punição e fazer tanto ele quanto Fernando Alonso largarem do lado limpo da pista.

O acontecimento gerou muita polêmica, uma vez que Massa se posicionou à frente de Alonso no grid de largada, mas, com a punição, caiu de sexto para 11º, enquanto o espanhol foi promovido para oitavo. Segundo o brasileiro, não havia outra opção.
 
"Não tinha o que fazer. O que fiz foi a coisa certa. Sempre fui honesto e torcida é torcida. Tem aquele que não tem o que fazer e escreve besteira no blog, e tem aquele que torce. O que me interessa é ser honesto e fazer um bom trabalho", destaca o piloto da Ferrari, que diz se sentir fortalecido com a situação.
 
"Pelo que vem acontecendo, isso me deixa mais forte. Minha segunda metade do campeonato vem sendo excelente e é um grande motivo para me preparar visando o ano que vem. É tudo aquilo que eu quero e estou empolgado", completa.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias