Massa prevê briga com McLaren e Force India no GP da Espanha

Brasileiro vê a Williams na luta para ser a quarta força e destaca importância de diminuir consumo de pneus

Oitavo colocado nos treinos livres de sexta-feira para o GP da Espanha, Felipe Massa acredita que esta é a realidade da Williams para este final de semana. O brasileiro acha que Mercedes, Red Bull e Ferrari estão um pouco à frente e que sua briga é para decidir quem é a quarta força, junto de McLaren – que colocou seus dois pilotos em sexto e sétimo nos treinos – e Force India.

“A briga estará mais com McLaren e Force India, pois acredito que a Red Bull esteja um pouco melhor que a gente e talvez a Ferrari também. Quem sabe, com um bom final de semana, eu consiga lutar com Red Bull e Ferrari na classificação. Podemos melhorar um pouco, mas não acho que a situação vai ser muito diferente no sábado em relação ao que foi hoje.”

Mesmo tendo visto a McLaren à frente, algo que não ocorreu nas últimas provas, Massa destacou que as novidades trazidas pela Williams para Barcelona funcionaram.

“O que a gente trouxe, funcionou. Tirando a asa traseira que acho que ‘morreu’, para falar a verdade, porque não estamos conseguindo fazê-la funcionar desde a Austrália e isso se repetiu. Mas o resto mostrou mais ou menos o que deveria em relação aos dados do túnel de vento. Então temos carro para ter um bom final de semana.”

Para a corrida, a preocupação é o consumo de pneus. Mesmo que a Pirelli tenha levado os dois compostos mais duros para o GP de Barcelona, o fato da pista ter muitas curvas de alta velocidade aumenta a degradação. Para complicar a estratégia das equipes, o pneu duro não tem um rendimento satisfatório até aqui.

“O consumo é alto. Tanto que, apesar de usarmos o pneu duro aqui, nem parece porque ele é lento na primeira volta e perde rendimento rapidamente. A diferença de um pneu para o outro é muito grande: o médio é mais rápido e dura praticamente o mesmo. Então eu acho que será uma briga entre duas e três paradas, com muitos carros optando por três.”

Nesse quesito, quem parece bem é a Red Bull, que conseguiu fazer um stint de 24 voltas com o pneu médio com Ricciardo e deve ser uma das equipes que vai apostar em duas paradas.

“A Red Bull é o carro que menos consome pneu, muito menos que nós e talvez até menos que a Mercedes. Isso mostra que eles têm o carro mais forte aerodinamicamente, pois isso ajuda no consumo. Mas também mostra que temos de trabalhar para ficar o máximo possível com o pneu médio.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias