Massa prevê ultrapassagens "falsas" no GP da China

Para brasileiro, a pressão de pneus obrigatória para prova em Xangai criará ultrapassagens fáceis e dará uma falsa impressão para os fãs durante a corrida deste domingo em Xangai

Para este final de semana de GP da China, a Pirelli estipulou limites para a pressão dos pneus que não agradaram nem um pouco aos pilotos. Romain Grosjean, da Haas, classificou o limite como "ridículo" após os treinos livres de sexta-feira.

Quem também falou sobre as restrições impostas pela Pirelli foi Felipe Massa. Para o brasileiro, a medida é completamente desnecessária. No entanto, Massa reconhece que, com os pneus nestas condições, muitas ultrapassagens serão vistas na prova em Xangai.

"Creio que para as equipes e para os pilotos, certamente não é algo bom. Mas para o público, que verá muitas ultrapassagens e pilotos sofrendo com os pneus, talvez seja", disse Massa.

O brasileiro, porém, ressaltou que tais ultrapassagens serão ilusórias, pois a pressão dos pneus tornará o processo muito mais fácil do que deveria ser, com o piloto atacado pouco ou quase nada podendo fazer para se defender.

"É falso, não é assim que as coisas deveriam ser. Sem dúvida a corrida terá muitas ultrapassagens devido às condições impostas, mas não serão ultrapassagens propriamente ditas, mas ultrapassagens fáceis", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pista Shanghai International Circuit
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias