Massa quer começar o ano bem para se garantir em 2013

Brasileiro explica que os pilotos que querem vagas em equipes grandes precisam impressionar no primeiro semestre

O contrato de Massa na Ferrari termina neste ano

 

Felipe Massa é o primeiro a reconhecer que 2012 é um ano importante para ele. Em seus últimos 12 meses de contrato com a Ferrari, o brasileiro sabe que precisa impressionar após dois anos ruins. Para isso, o brasileiro revela ao TotalRace que sua receita é começar já com o pé direito.

“O que mais me incomoda é pensar no resultado, pois isso é o mais importante no final. O que eu quero é terum ano diferente, começar de maneira diferente, pois acho que, se tiver a primeira parte do campeonato melhor, isso é melhor do lado pessoal e do seu futuro também, porque estou em uma equipe, grande, e não em uma equipe pequena. A equipe grande resolve tudo antes.”

Essa urgência de resultados também tem a ver com o tipo de emprego que Massa quer ter ano que vem. Com um início forte, pretende manter-se na mira das equipes que não dependem de financiamento vindo do piloto.

“Do ponto de vista do futuro, a primeira metade do campeonato é mais importante que a segunda. E lógico que também entra o lado da F-1 hoje ser bem diferente. Tirando as quatro grandes, que não pensam no piloto que traz o dinheiro, o que para mim é um absurdo, isso acontece nas outras.”

O piloto da Ferrari acredita que esta realidade é prejudicial para a F-1. “Acho que isso não é positivo para a F-1 no geral, para os pilotos e para os jovens. Um jovem que ganha todos os campeonatos tem de ter sorte ou dinheiro para entrar na F-1. Acho que isso não é F-1.”

(colaboraram Luis Fernando Ramos e Felipe Motta)

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias