Massa reconhece temporada ruim e fala em fator psicológico

Brasileiro garante recuperação em 2012; este ano foi o quinto desde 1970 em que nenhum piloto nacional subiu ao pódio

Massa durante final de semana do GP Brasil

Felipe Massa reconhece que o psicológico foi um dos fatores que o atrapalhou neste campeonato de 2011. Neste ano, Massa se tornou o primeiro piloto da Ferrari a fazer uma temporada inteira sem um pódio sequer desde Didier Pironi, em 1981 (confira tabela interativa abaixo).

“O psicológico é muito importante. É lógico que tudo o que aconteceu neste ano não ajudou, mas agora é colocar a cabeça no lugar e saber que você é capaz de fazer mais do que aquilo que a gente sempre fez. Então vamos trabalhar para colocar a cabeça no lugar e fazer tudo certo para o ano que vem.”

Outra marca negativa, esta dividida com Rubens Barrichello e Bruno Senna nas últimas oito provas, é o fato deste ano ter sido o primeiro desde 1998 em que nenhum brasileiro esteve entre as três primeiras posições.

Desde a chegada de Emerson Fittipaldi à F-1, em 1970, brasileiros só passaram um ano sem nenhum troféu em cinco oportunidades: 1976, 1979, 1996, 1998 e 2011.

“Foi uma das minhas piores temporadas, sou 100% pé no chão e não tenho vergonha nenhuma de dizer. Vamos trabalhar agora para, se Deus quiser, ter a melhor temporada.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias