Massa sai decepcionado de treino e justifica 18º lugar: 'Problema no motor'

Piloto brasileiro acabou eliminado ainda no Q1 e largará no bloco das piores equipes da Fórmula 1

Massa largará apenas na 18ª posição
Um treino definitivamente para esquecer. Assim Felipe Massa, da Williams, deixou o cockpit do carro ao final da qualificação deste sábado. Com sérios problemas no motor, o brasileiro obteve somente o 18º melhor tempo e acabou eliminado ainda no Q1 para o Grande Prêmio da Rússia, etapa marcada para este domingo, em Sochi.
 
[publicidade] Decepcionado com os empecilhos que o impediram de brigar pelas primeiras posições no grid de largada, o piloto brasileiro justificou o desempenho ruim aos problemas enfrentados justamente na classificação.
 
“Tive um problema de motor durante toda a classificação. Motor não me dava potência nem perto do que poderia ter para fazer uma boa volta. Mudamos tudo que era possível no volante, foi uma pena, era pra entrar tranquilamente entre os 16 primeiros, problema sério”, lamentou Felipe.  
 
“Pressão de combustível, bem possível que esse tenha sido o problema. Alguma coisa a gasolina não entrava do jeito certo e não tinha potência nenhuma”, complementou o brasileiro.
 
Apesar da decepção, Felipe Massa confia nos espaços do novo circuito russo para fazer uma corrida de recuperação. O brasileiro já pensa até em utilizar uma estratégia com apenas uma parada a fim de recuperar as posições perdidas no início da disputa em Sochi.
 
“Acho que é possível ultrapassar e se recuperar. É muito ruim largar de onde estou largando. Vamos tentar o melhor para conseguir o máximo possível amanhã”, encerrou o brasileiro, que largará entre os dois carros da Caterham (Marcus Ericsson e Kamui Kobayashi).
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias