Massa se anima com evolução do carro após proibição

compartilhar
comentários
Massa se anima com evolução do carro após proibição
18 de jul de 2014 12:10

Sexto colocado, brasileiro explica que sua Williams "não mudou da água para o vinho" sem o sistema FRIC

Após os primeiros treinos oficiais após a proibição do uso do FRIC, sistema que auxilia as suspensões e ocasiona ganhos aerodinâmicos, Felipe Massa gostou da evolução do acerto de sua Williams. O brasileiro, que ficou fora do top 10 no primeiro treino do dia, fechou a sexta-feira do GP da Alemanha na sexta colocação.

[publicidade]“Acho que foi um bom dia”, avaliou ao TotalRace. “É lógico que a gente tem de trabalhar para acertar o carro, já que a mudança na suspensão também afeta o setup. Então foi um dia para a gente trabalhar essa questão, mas acho que conseguimos evoluir bastante da primeira sessão para a segunda. O carro se mostrou equilibrado e acho que isso é importante para o final de semana.”

O piloto explicou que não sentiu uma grande diferença na condução do carro sem o FRIC e afirmou que a tendência é as equipes mexerem nas configurações para compensar a falta do sistema.

“Mexe na altura do carro em diversos pontos da pista, então temos de trabalhar para acertar isso. Mexemos muito no carro entre uma sessão e outra e ele se mostrou muito melhor equilibrado. É lógico que ainda tem muito o que melhorar, mas é apenas uma questão de acerto. Não é que o carro mudou da água para o vinho.”

Sobre a relação de forças entre os carros, apesar da Red Bull ter aparecido bem na sexta-feira, com Daniel Ricciardo andando bem próximo das Mercedes, Massa acredita que seja algo mais relacionado ao clima do que à proibição do FRIC.

“É difícil avaliar porque a Red Bull tem um carro que economiza muito o pneu e estamos em uma pista em que a temperatura é muito alta e isso faz diferença. Vamos esperar para a corrida. A Mercedes, com ou sem FRIC, é o melhor carro do grid.”

Massa destacou, contudo, que o final de semana pode ser complicado ainda por outro fator: a chuva, esperada para o domingo. “Acho que fomos competitivos na simulação de classificação e de corrida. Teremos de continuar trabalhando nesse caminho. O que eu quero é um carro bom para o domingo, que pode ser um dia com chuva. Então temos de preparar para amanhã, mas sabendo que poderemos ter uma condição diferente na corrida.”

Apenas o décimo colocado, o companheiro de Massa, Valtteri Bottas, que não participou da primeira sessão, cedendo seu carro para Susie Wolff, reconheceu que não conseguiu dar uma boa volta.

“Acho que houve lugares em que eu poderia ter feito melhor, pois não estava muito contente com o equilíbrio em algumas das curvas, então acho que precisamos melhorar o carro mas eu também tenho a minha parcela.”
 
Próxima Fórmula 1 matéria
Por margem pequena, Hamilton é mais rápido que Rosberg na Alemanha; Massa é 6º

Previous article

Por margem pequena, Hamilton é mais rápido que Rosberg na Alemanha; Massa é 6º

Next article

"Fazia tempo que não chegávamos tão perto", ressalta Ricciardo

"Fazia tempo que não chegávamos tão perto", ressalta Ricciardo
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias