Massa: só “bobagem” no novo carro fará Mercedes perder força

Brasileiro confia em potencial do projeto de 2016 da equipe Williams apesar de trabalhar com orçamento menor

Sexto colocado no último mundial, Felipe Massa está otimista para a nova temporada, que começa no dia 20 de março, na Austrália. Apesar de a prova de abertura estar longe, os primeiros testes já começam na semana que vem.

Mesmo acreditando que todos os times tenham evoluído, ele também entende que dificilmente a Mercedes não será o time a ser batido neste ano.

“(Eles) têm que fazer uma bobagem para não ter um carro tão competitivo quanto no ano de 2015. É um ano (2016) onde nada mudou no regulamento”, falou ao canal SporTV.

“Eles continuaram desenvolvendo o carro deles, que é muito competitivo neste regulamento. Tenho certeza de que a Mercedes estará muito forte neste ano. Tomara que seja menos do que foi em 2015, que outras equipes tenham possibilidade de brigar de igual para igual. O nosso trabalho na Williams é para tentar se aproximar o máximo. O quanto é impossível dizer com certeza. Só quando chegar na primeira classificação, na primeira corrida, vamos ver onde a gente está.”

Felipe também falou sobre o desenvolvimento de seu carro. Segundo ele, já bastante adiantado após a Williams ter tomado a decisão de se focar em 2016 antes do previsto em 2015. “A gente já está trabalhando no carro de 2016 há muito tempo. A gente até parou o desenvolvimento do carro de 2015 bem antes do que a gente parou no ano anterior, para se preparar um pouco melhor.”

“Tínhamos que melhorar bastante o carro, para se aproximar um pouco da Mercedes e até da Ferrari, que foi a equipe que mais cresceu em 2015. Para conseguir chegar mais perto deles, a gente tinha que melhorar muito, tem que fazer um desenvolvimento muito importante. É o que eu espero, meu trabalho está nesta direção, neste caminho. Mas, enquanto a gente não estiver andando, disputando, entendendo o que as outras equipes fizeram também, é difícil ter uma ideia 100%. Mas estou confiante que o desenvolvimento e a evolução estão no caminho certo.”

Massa também comemorou e viu méritos no fato de a Williams ter sido a terceira colocada nos dois últimos campeonatos com um orçamento tido como abaixo dos times com os quais compete de igual para igual. “A Williams conseguiu, nos últimos dois anos, um trabalho muito bem feito, para o tamanho da Williams. Até se comparar com o tamanho da Mercedes, da Ferrari, da Red Bull, da McLaren.”

“É uma equipe com um lado financeiro bem inferior aos dessas equipes. O trabalho foi bem feito, e a gente está trabalhando ainda mais, para se aproximar mais destas equipes e, quem sabe, ter chance de voltar a vencer.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias