Massa sobre quarto lugar: "Não significa nada"

Brasileiro foca na corrida e confirma que Ferrari trabalha com hipótese de pancadas de chuva durante o domingo

O brasileiro Felipe Massa conseguiu um bom resultado mirando sua renovação com a Ferrari para o ano que vem. O piloto se classificou pela quarta vez nesta temporada à frente do companheiro de equipe, Fernando Alonso, depois de ter falhado em ajudar o espanhol no vácuo no final do Q3.

“Consegui uma distância no final de quatro segundos do Webber, e consegui fazer uma excelente volta, mas não foi só por causa disso”, disse Massa ao TotalRace.

“Mas eu tive de procurar o vácuo, ele [Alonso] estava sempre atrás de mim, mas é totalmente aceitável pela posição no campeonato que ele está e a luta com o Vettel. Acho que fizemos um bom trabalho no vácuo e fizemos um bom trabalho na classificação. Faltou um pelinho para estar entre os três, mas é importante de qualquer jeito esse resultado.”

Mesmo largando à frente de Alonso pelo segundo ano seguido em Monza, o brasileiro mantém o foco na corrida. “Não significa nada. A corrida é amanhã. Representa que tirei o máximo do carro, o importante é nos prepararmos para fazer o mesmo amanhã. Temos de ficar muito espertos na curva 1, porque aqui não é simples, não é muito diferente da Bélgica.

Questionado pelo TotalRace se espera outra boa atuação da Red Bull na corrida, Massa foi direto. “Devem estar muito fortes amanhã também. Eles têm um ritmo muito forte não só na classificação. Mas vamos tentar fazer o máximo para chegar na frente deles, o que seria um excelente resultado.”

“Tem essa possibilidade de chuva para amanhã. Trovoadas, tempestade, não sabemos o horário direito, mas tem essa possibilidade”, falou por fim.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias