McLaren: Alonso não conseguiria combinar F1 com WEC

Equipe acha que seria fisicamente impossível para Fernando Alonso combinar seus esforços de Fórmula 1 com um extensivo programa no Campeonato Mundial de Endurance

Fernando Alonso tem a intenção de se juntar à Toyota no teste de novatos do WEC da próxima semana no Bahrein, à medida que as discussões continuam a respeito de um possível ataque com o fabricante japonês na corrida na edição do ano que vem das 24 de Le Mans.

Houve sugestões de que, em uma tentativa de se preparar melhor para Le Mans, Alonso poderia participar de vários eventos do WEC - já que eles não confrontam as corridas da F1 no início do ano.

Mas o diretor de corrida da McLaren, Eric Boullier, acha que as exigências físicas de se comprometer com duas categorias podem ser demais para o espanhol.

"Eu não acho que você pode fazer dois programas fisicamente, é muito complicado", disse ele. "Se você se comprometer com dois programas, é uma grande distração”.

"Fazendo Le Mans, ou fazendo Indianapolis, ou fazendo Daytona, por que não? Mas fazer mais do que isso definitivamente seria uma distração de seu principal compromisso que é a F1".

Boullier sabe que Alonso está ansioso para garantir a tríplice coroa com vitórias no GP de Mônaco, Indy 500 e Le Mans, mas ele acha que o trabalho da McLaren é dar ao espanhol um carro tão competitivo na F1 que seus pensamentos não derivam estar em outro lugar.

"Ele disse que está interessado em fazer algumas corridas fora desta tríplice coroa, e há discussões caso a caso", disse Boullier quando perguntado se Alonso poderia ser liberado para alguns eventos do WEC.

"Obviamente, seu principal e seu primeiro foco é a F1 - e isso tem prioridade. Faremos tudo o que pudermos para lhe dar um carro competitivo e, se fizermos isso, ele não irá correr mais nada".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , WEC
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias