McLaren anuncia acordo com British American Tobacco

compartilhar
comentários
McLaren anuncia acordo com British American Tobacco
11 de fev de 2019 11:20

Time britânico terá anúncio de produtos de “risco potencialmente reduzido” de empresa tabagista em seus carros

A equipe McLaren anunciou uma nova parceria de vários anos com a empresa British American Tobacco.

O acordo será "focado exclusivamente nos produtos de risco potencialmente reduzido da BAT e fundamentado em tecnologia e inovação", disse a McLaren em comunicado.

A publicidade de tabaco é proibida no esporte desde a última década, e a McLaren não indicou se o acordo estará refletido em anúncios no novo carro da equipe para a temporada de 2019 que será apresentado nesta quinta-feira.

"Damos as boas-vindas à BAT aqui na McLaren e apoiamos sua ambição de entregar mudanças significativas e duradouras através da inovação", disse o CEO da McLaren Racing, Zak Brown.

"A agenda de transformação da BAT é central para esta parceria e temos o prazer de compartilhar nossa experiência técnica e expertise para ajudar a acelerar isso."

A BAT entrou anteriormente com sua própria equipe na Fórmula 1, a British American Racing, que competiu entre 1999 e 2005 antes de ser assumida pela Honda.

O diretor de marketing da BAT, Kingsley Wheaton, disse: “estamos extremamente orgulhosos e entusiasmados com essa nova parceria, o que nos permite acelerar ainda mais o ritmo em que inovamos e nos transformamos".

“Isso nos proporciona uma plataforma verdadeiramente global com a qual podemos gerar uma ressonância maior de nossos produtos de risco potencialmente reduzido, incluindo nossas marcas Vype, Vuse e glo. Em última análise, a inovação e a tecnologia nos apoiarão na criação de um futuro melhor para nossos consumidores em todo o mundo.”

A única outra equipe de F1 atualmente conectada a uma marca de tabaco é a Ferrari, que é patrocinada pela Philip Morris International, produtora do cigarro Marlboro. Os carros da Ferrari exibem os logos da iniciativa Mission Winnow da PMI, que está atualmente sujeita a investigações na Austrália sobre promoção do tabaco.

Next article
Williams: não precisamos esperar até 2021 para crescer

Previous article

Williams: não precisamos esperar até 2021 para crescer

Next article

Top 10: Os lançamentos de carros mais memoráveis da F1

Top 10: Os lançamentos de carros mais memoráveis da F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1