McLaren confirma parceria tecnológica com a Petrobras

Empresa brasileira, que teve passagem recente pela Williams até 2016, retorna à F1 durante a mudança da equipe inglesa do motor Honda para o Renault

A McLaren confirmou uma nova parceria tecnológica com a Petrobras após meses de especulações de que poderia trocar de fornecedora de combustível.

Apesar de a equipe ter iniciado uma parceria com a BP/Castrol no começo da temporada passada, a troca do motor Honda pelo Renault para 2018 gerou dúvidas acerca da continuidade do acordo.

A Petrobras já trabalhou anteriormente com a Williams até o fim de 2016, mas havia especulações de que ela estava de olho em retornar à F1 com outro time, e a McLaren foi a escolha lógica.

Mais detalhes sobre o acordo serão revelados ainda nesta terça-feira, mas a confirmação já foi feita pelo Twitter da McLaren. 

 

O acordo com a Petrobras fornecerá um impulso financeiro ainda maior à McLaren, sendo que o diretor executivo do time, Zak Brown, revelou que já estava perto de alcançar os objetivos comerciais para 2018. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias