McLaren defende Alonso: “Ele sabe no que está se metendo”

Diretor executivo da equipe, Zak Brown minimizou a possibilidade de o espanhol sofrer com distrações em sua campanha dupla na F1 e no WEC

Diretor executivo da McLaren, Zak Brown minimizou os temores de que o cronograma duplo de Fernando Alonso para 2018 venha a provocar distrações no espanhol e atrapalhar seu rendimento na F1

Neste ano, o bicampeão conciliará sua temporada pela McLaren a uma campanha no WEC com a Toyota, o que fez com que seus compromissos subissem para 25 fins de semana – e ainda há a possibilidade de entrar também as 6 Horas de Fuji, caso haja mudança em datas e evite o conflito com o GP dos Estados Unidos.

Alguns pilotos veteranos, como Mark Webber, alertou que o vaivém de categorias poderia atrapalhar o rendimento de Alonso em sua principal iniciativa, a F1. Contudo, Brown está confiante de que não será este o caso.

“De forma alguma. Eu fico pensando: o que ele estaria fazendo nesses fins de semana caso contrário? Ele não estaria testando um carro de F1, ele não estaria em nosso simulador”, explicou, em entrevista à revista americana Racer.

“Temos tudo o que precisamos dele na F1, então nestes fins de semana ele poderia correr de kart, jogar golfe ou fazer seja lá o que ele queira fazer. Entõa, ele simplesmente estará em um Toyota no WEC.”

“Ele sabe no que ele está se metendo. Ele é incrivelmente bem preparado. Ele saiu das 24 Horas de Daytona e participou de um teste no simulador com a Toyota pelo mesmo tempo em que ele permaneceu no carro. Ele voltou à ativa e acho que ele é um atleta muito especial, que pode fazer coisas que deixariam a maioria das pessoas furiosas, mas não acho que ele não faria se não pensasse que conseguiria manter o nível mais alto.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , WEC
Tipo de artigo Últimas notícias