McLaren diz ter encontrado problemas do primeiro teste com a Honda

Equipe só conseguiu dar cinco voltas em Abu Dhabi no final do mês passado, mas acredita ter identificado falhas

A McLaren sofreu no primeiro teste oficial com os novos motores Honda, mas o chefe da equipe, Eric Boullier, afirmou que o time já sabe os motivos que levaram a equipe a dar apenas cinco voltas em dois dias de atividades, realizadas em Abu Dhabi, no final do mês passado.

[publicidade] “Mudamos um pouco o cronograma e mandamos engenheiros da McLaren para a Honda, além das investigações que fizemos na fábrica”, explicou o francês. “Eles trabalharam muito duro por uma semana e descobriram tudo. Um plano de recuperação foi feito. Parte [dos problemas] já foi resolvida, então faltam alguns testes no dinamômetro para validar.”

O dinamômetro é um aparelho que simula o funcionamento do motor.

Segundo Boullier, os problemas encontrados na unidade de potência japonesa eram de hardware, algo que também atrapalhou a preparação da Renault no início deste ano. “Não era apenas um problema. Havia questões de hardware que obviamente fizeram o código de software errado. Então primeiro tivemos de descobrir o que estava errado com o hardware.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias