McLaren diz ter “planos B e C” caso Alonso decida sair

Zak Brown diz que negociações com espanhol estão indo bem, mas admite pensar em alternativas para caso não haja o desfecho desejado

Mesmo que tente abertamente garantir a permanência de Fernando Alonso para a temporada de 2018 da F1, a McLaren já admite que pensa em alternativas para caso o espanhol decida sair.

Zak Brown, diretor executivo da equipe, afirmou que já possui dois outros planos para colocar em prática se a renovação com Alonso não sair.

O bicampeão faz, em 2017, o último ano de seu atual contrato com a McLaren. As conversas a respeito de uma renovação ainda estão em andamento, em paralelo às negociações da McLaren com suas potenciais fornecedoras de motor – a equipe ou continuará com a atual, a Honda, ou mudará para as unidades da Renault.

Questionado sobre o que aconteceria caso Alonso saísse, Brown disse: “Temos outro plano”, respondeu ao site da emissora ESPN.

“Ele ainda não assinou conosco. As negociações estão em andamento e indo muito bem. Mas temos que ter um plano B e C caso não cheguemos a um acordo, e já temos esses planos.”

Alonso vive temporada complicada com o conjunto da McLaren-Honda em 2017. Em 13 etapas disputadas, o espanhol pontuou em apenas duas, o que o deixa na 15ª colocação do campeonato – seu parceiro, Stoffel Vandoorne, tem apenas um ponto e é o 18º. O bicampeão também coleciona oito abandonos no ano. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias