McLaren estende acordo com banco espanhol e anuncia reserva

Patrocínio do Santander vem desde os tempos de Alonso na equipe; belga Vandoorne ganhou promoção no time

A McLaren anunciou que a parceria com o banco espanhol Santander será estendida. A equipe, que ainda não divulgou qual será seu principal patrocinador para a próxima temporada, tem o logo do banco em seus carros desde 2007, quando Fernando Alonso chegou a Woking. Mesmo com a quebra do contrato do piloto ao final daquela temporada, a parceria continuou.

Atualmente, a estrela da equipe, Jenson Button, é o garoto-propaganda do Santander no Reino Unido, papel em que continuará atuando com a renovação do contrato.

“Nossa decisão de renovar a relação não é algo trivial, mas sim é baseado em conquistas comprovadas e estamos felizes em continuar como parceiros de uma das marcas mais icônicas do esporte mundial”, salientou Keith Moor, chefe do departamento de marketing do Santander. O banco, que patrocina alguns GPs durante a temporada, incluindo o da Grã-Bretanha, Espanha e Itália, também é parceiro da Ferrari, com contrato até o final de 2017.

A McLaren anunciou ainda que o belga Stoffel Vandoorne, membro do programa de desenvolvimento da equipe, será o novo piloto reserva, além de disputar a GP2 pela ART. O piloto de 21 anos foi vice-campeão da World Series na temporada passada, atrás de Kevin Magnussen, novo titular da McLaren.

“Sou membro do programa de desenvolvimento há quase um ano e aprendi muita coisa. Visito a fábrica da equipe pelo menos uma vez por semana e já fiz muito trabalho no simulador para ajudar no desenvolvimento do carro de F-1. Além disso, trabalhei muito duro em minha preparação física e mental. O pessoal em Woking realmente sabem como preparar um piloto para a Fórmula 1”, assegurou Vandoorne.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias