McLaren-Honda encabeça 'revival' dos anos 1980 na Fórmula 1

compartilhar
comentários
McLaren-Honda encabeça 'revival' dos anos 1980 na Fórmula 1
Por: Julianne Cerasoli
9 de fev de 2015 17:14

Grid de 2015 da categoria terá o retorno da parceria histórica correndo ao lado da Lotus preta e patrocinadores antigos

McLaren-Honda de um lado, Lotus do outro, e todo mundo com motores turbo. Sofrendo perdas de audiência nos últimos anos, a Fórmula 1 busca forma de reconquistar seu público - e o resultado disso tem sido uma espécie de revival dos anos 1980 na categoria.
 
[publicidade] A década em que pilotos como Ayrton Senna, Alain Prost, Nelson Piquet e Nigel Mansell duelavam pelas vitórias é tida, por muitos, como a época de ouro da categoria, que vivia a transição entre o período mais romântico e o aumento da tecnologia.

O primeiro passo desse revival foi o retorno da Lotus preta, remetendo ao carro que fez história na década de 1970 e que existiu até 1987, com Senna ao volante. O preto era uma referência ao patrocínio da marca de cigarros John Player Special e desapareceu com o final do acordo com a Lotus. 

A equipe que hoje leva o mesmo nome e adotou o preto apenas para fazer menção e capitalizar em cima da antiga parceria, não tendo ligação nem com o time original, nem com a marca de tabaco.

Ano passado, coincidentemente junto do retorno dos motores turbo, que foram abandonados em 1989, a marca de bebidas Martini voltou como patrocinadora máster da Williams. O logo marcara época um pouco antes da era turbo, nos anos 1970.

A temporada de 2015, que começa dia 15 de março, traz de volta mais um patrocinador tradicional, a Epson, cuja marca foi estampada por anos no carro da antiga Tyrrell e hoje estarão nas Mercedes.

Mas o grande retorno é da parceira entre McLaren e Honda, que durou cinco anos, entre 1988 e 1992 e resultou em quatro títulos de pilotos e de construtores, sendo três com Senna e um com Prost. 
 
Próxima Fórmula 1 matéria
Palco do GP do México deve ser um dos mais rápidos da temporada

Previous article

Palco do GP do México deve ser um dos mais rápidos da temporada

Next article

"Consegui me adaptar a todos os carros com que corri", diz Ricciardo

"Consegui me adaptar a todos os carros com que corri", diz Ricciardo
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias