McLaren já iguala melhor resultado da era Honda na Austrália

Após sofrer com propulsor japonês durante três anos, time britânico já empata com melhores colocações em 1º GP com a Renault

Que a mais recente parceria entre McLaren e Honda não foi aquilo que se esperava, todos já sabem. Mas, para quantificar o que foi o sofrimento da McLaren nos últimos três anos, o GP da Austrália ofereceu um bom parâmetro a ser analisado.

Com Fernando Alonso chegando em quinto lugar e Stoffel Vandoorne finalizando a prova na nona posição, o time empatou com seus melhores resultados entre 2015 e 2017.

O resultado quinto e nono foi repetido durante este período por três vezes: na Hungria em 2015, em Mônaco em 2016 e nos EUA em 2016. Em todas estas provas Fernando Alonso foi o quinto com o já aposentado Jenson Button em nono.

A última vez que a McLaren pontuou em uma abertura de mundial foi em 2014, com Kevin Magnussen e Jenson Button, na Austrália. Na ocasião, ainda com motores Mercedes, o time britânico foi classificado em segundo e terceiro com os dois após a desclassificação de Daniel Ricciardo.

Pelo menos o resultado tira da cabeça dos britânicos a dúvida da boa escolha, após o propulsor da Honda não ter ido bem com a Toro Rosso. O time sofreu uma falha no MGU-H com Pierre Gasly e Brendon Hartley chegou em 15º e último.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso , Stoffel Vandoorne
Tipo de artigo Últimas notícias