McLaren já se vê na luta por pódios após prova de Spa

Whitmarsh revela dificuldades em equilibrar recursos com 2014, mas destaca progressos nas últimas provas

Depois do progresso mostrado especialmente nas últimas três provas, quando marcou 28 de seus 65 pontos na temporada, a McLaren já pensa em pódios. O chefe da equipe, Martin Whitmarsh, acredita que Jenson Button foi o quarto carro mais rápido durante o GP da Bélgica, tendo um desempenho melhor do que Nico Rosberg e Mark Webber, que chegaram a sua frente. O inglês foi sexto na prova de Spa.

“Não estamos pensando no campeonato, mas sim em ter resultados. Queremos progredir. Éramos tão rápidos quanto as Mercedes e uma das Red Bull em Spa e fomos mais rápidos que uma Ferrari. Temos que buscar os pódios.”

Um dos atuais desafios da equipe é continuar desenvolvendo o carro desta temporada comprometendo o mínimo possível os recursos de fábrica, que estão totalmente voltados para a próxima temporada.

Assim, a equipe decidiu dedicar recursos como o túnel de vento exclusivamente para trabalhar o próximo carro, enquanto o desenvolvimento de peças para este ano tem de ser feito na pista, durante os treinos livres. Isso, segundo Whitmarsh, acaba afetando a preparação para o final de semana.

“É difícil para os pilotos mas dá para ver que na sexta-feira e no sábado estamos fazendo nosso trabalho de avaliação aerodinâmica, trabalhando em escala 100% na pista, o que não é a melhor forma de preparar para a corrida”, reconheceu. “Mas estamos fazendo isso porque estamos focando o túnel de vento, o CDF e o desenvolvimento aerodinâmico nos programas futuros.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias