McLaren queria Hamilton campeão em 2007, revela ex-mecânico

compartilhar
comentários
McLaren queria Hamilton campeão em 2007, revela ex-mecânico
Por: Redacción
Traduzido por: Daniel Betting
15 de fev de 2018 21:01

Marc Priestley, mecânico da McLaren entre 2000 e 2009, diz que Lewis Hamilton e Fernando Alonso "se odiavam", e que Ron Dennis queria ver o Inglês campeão após seus problemas com o espanhol ao longo de 2007

Marc Priestley, ex-mecânico britânico, 41, analisa em seu livro The Mechanic, publicado em novembro passado, sua experiência na garagem em um momento de turbulência para a McLaren.

Naquele conturbado 2007 entre Lewis Hamilton e Fernando Alonso, marcado pelo famoso Spygate que rendeu uma multa milionária para a McLaren-Mercedes. Priestley reconhece que a equipe Inglesa queria que Hamilton superasse o espanhol, mas foi Kimi Raikkonen quem levou o campeonato para a Ferrari.

"Eu estava no meio de tudo isso. É justo dizer que ambos os pilotos se odiavam no final da temporada "diz Priestley em uma entrevista para o Drivetribe." Eles não trabalharam juntos em tudo. E quando isso acontecia, ambas as equipes de mecânicos apoiavam seus pilotos, o que acabou criando uma enorme divisão na garagem".

"Isso dividiu a equipe, que foi a razão definitiva pela qual não ganhamos o campeonato naquele ano, porque estávamos tão ocupados lutando uns com os outros que tiramos nossa atenção do que a Ferrari estava fazendo e, ironicamente, foi Kimi quem levou o título na última corrida".

"Tivemos o melhor carro no final dessa temporada, tivemos os dois melhores pilotos no grid, com certeza, e mesmo assim acabamos sem nada".

Priestley diz, sem morder a língua: "Lewis era um protegido de McLaren e de Ron Dennis. Sabia que ele tinha o apoio de Ron e toda a imprensa britânica a seu favor".

"Enquanto Fernando, que já era um campeão mundial e altamente considerado na categoria como um dos melhores de todos os tempos, chegou a uma equipe britânica, com um piloto britânico e estava totalmente convencido de que a equipe e Ron respaldaram completamente Lewis".

O ex-mecânico deixa claro que, após o relacionamento tenso que a equipe e Alonso tiveram ao longo de 2007, na segunda metade da temporada, quando o título foi disputado com seu colega de equipe, Ron Dennis preferiu que Hamilton fosse o campeão.

"Finalmente, todos nós soubemos que o relacionamento foi interrompido entre a equipe e Fernando e acho que, naquele momento, Ron queria que Lewis ganhasse o título na segunda metade da temporada e por isso Fernando estava certo, ao menos de acordo com sua percepção".

Próxima Fórmula 1 matéria
Williams apresenta o FW41, carro para temporada de 2018

Previous article

Williams apresenta o FW41, carro para temporada de 2018

Next article

Lowe: "Novo Williams é uma mudança de filosofia"

Lowe: "Novo Williams é uma mudança de filosofia"
Load comments