McLaren sacrificou Natal para deixar carro pronto a tempo

compartilhar
comentários
McLaren sacrificou Natal para deixar carro pronto a tempo
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
19 de jan de 2016 11:42

Time de Woking revela que funcionários trabalharam durante feriado de Natal para garantir que o MP4-31 estaria pronto para primeira sessão de testes coletivos de pré-temporada, em Barcelona

Fernando Alonso, McLaren MP4-30
Fernando Alonso, McLaren MP4-30 off the circuit at the start of the race.
Jenson Button, McLaren Honda
Jenson Button, McLaren MP4-30
Jenson Button, McLaren Honda
Fernando Alonso, McLaren Honda
Jenson Button, McLaren MP4-30
Fernando Alonso, McLaren Honda

Na última segunda-feira (18), a McLaren anunciou que o MP4-31, carro da equipe para a temporada 2016 da Fórmula 1, será apresentado no dia 21 de fevereiro - dia que antecede a abertura da primeira sessão de testes da pré-temporada.

Cumprir tal prazo, no entanto, deu uma grande dor de cabeça ao time, especialmente após a última modificação do calendário desta temporada, que fez com que o primeiros testes fossem reagendados e realizados antes da data originalmente prevista.

Quem conta em detalhes o que aconteceu é o diretor de operações da McLaren, Simon Roberts, que diz que a equipe não estava preparada para tal mudança. "Nossa programação quanto ao projeto do novo carro não contava com esse imprevisto, então tínhamos um problema nas mãos para resolver", disse.

"Em termos de design e capacidade de engenharia, foi quase como um exercício de replanejamento – tínhamos menos tempo para deixar tudo pronto. Mas o cronograma de produção estava em um ponto crítico - tínhamos de passar no crash test da FIA e deixar o carro pronto antes do prazo inicialmente acertado. Numa situação como essa, não basta replanejar, você precisa fazer algo diferente", afirmou.

Foi então que Roberts revelou que a única solução para o problema era ganhar tempo fazendo com que a equipe trabalhasse durante o feriado de Natal. Simplificando, tivemos oito turnos de trabalho em cinco dias, um esforço fantástico de todos os envolvidos. Tínhamos cerca de 110 pessoas envolvidas com o trabalho durante o Natal", disse.

"Tivemos uma boa resposta e as pessoas parecem ter gostado do trabalho - claro que é estranho perder parte do descanso, mas o clima estava ótimo. Todos sabiam o motivo de estar ali. Quando retomamos o trabalho após o Ano Novo, estávamos novamente dentro do prazo. Foi como se nunca tivéssemos nos atrasado", completou.

Próxima Fórmula 1 matéria
Smedley: nova Williams é uma das maiores evoluções que já vi

Previous article

Smedley: nova Williams é uma das maiores evoluções que já vi

Next article

Sutil deixa posto de piloto reserva da Williams

Sutil deixa posto de piloto reserva da Williams
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren Shop Now
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias