McLaren se diz atenta aos “perigos da lua de mel” com Renault

Eric Boullier toma cuidado para não se empolgar nas expectativas com nova parceira após três anos difíceis com a Honda na F1

Prestes a mudar de fornecedora de motor na F1, a McLaren se mostrou alerta para não cair na armadilha de uma suposta “lua de mel” com a Renault, que passará a ceder suas unidades de potência para a equipe.

O time inglês sofreu com o mau desempenho dos motores Honda nas últimas três temporadas, o que provocou a rescisão do contrato e o término prematuro da parceria.

Por mais que espere por uma mudança drástica em 2018, o diretor esportivo da McLaren, Eric Boullier, se mostrou cauteloso para não se empolgar em excesso com a novidade.

“Tive uma [lua de mel] com a Honda e aprendi com isso. Aprendi sobre o perigo das luas de mel!”, brincou o dirigente, em entrevista ao site oficial da F1.

“No começo de qualquer relacionamento seria bobeira se empolgar sem conhecer seu parceiro. Agora estamos na fase de nos conhecer melhor”, acrescentou.

“Estamos construindo nossa relação, e vou me assegurar de que a lua de mel dure mais do que a última!”, completou. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias