McLaren se diz perplexa com classificação no Bahrein

O diretor esportivo da McLaren, Eric Boullier, afirmou que sua equipe terá de investigar os motivos da classificação apagada no GP do Bahrein.

Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne somente terminaram a sessão em 13º e 14º, respectivamente, apesar de o espanhol ter mostrado ritmo promissor no último treino livre.

“Obviamente é uma surpresa baseado no ritmo que tivemos no terceiro treino”, disse Boullier, imediatamente após o fim do Q2 à emissora Sky Sports. “Temos a necessidade de investigar.”

“Em sua última volta, Fernando encontrou ritmo no segundo e terceiro setores, o que teria ajudado mais cedo. Precisamos descobrir o que está acontecendo.”

“O equilíbrio é bom – obviamente há uma falta de aderência, essa é minha conclusão para a performance ruim, mas eles não estão reportando nada de errado.”

A McLaren terminou com seus dois carros nos pontos em Melbourne, prova em que Alonso largou de dentro do top 10.

“Estávamos sofrendo no Bahrein no ano passado, o que é algo que precisamos investigar. Nosso ritmo na Austrália não foi um sonho – aquilo foi real na corrida, e sabemos que será melhor amanhã do que em volta lançada.”

“Mas precisamos descobrir por quê. Precisamos fazer algumas perguntas na fábrica. Como todos nos boxes, para ser honesto, estou um pouco perplexo, e temos que entender o que aconteceu.”

Alonso apresentou visão parecida para explicar o resultado. “Temos de analisar. Como disse na quinta-feira, esse é um circuito que, no ano passado, foi especialmente ruim para nós, então temos que aprender com isso. Mas não estou muito preocupado.”

“Ficamos em 11º no treino da Austrália e estamos em 13º aqui. A corrida é amanhã e eu acredito que estamos melhor em termos de ritmo de corrida do que em volta lançada, então vamos ver se conseguimos melhorar.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso , Stoffel Vandoorne
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias