McLaren vai reutilizar motores da Malásia na próxima etapa, afirma Dennis

Após problemas nos dois carros durante a prova, Ron Dennis afirma que será utilizado o mesmo motor na China

A McLaren tem tido um dos piores anos de sua história na Fórmula 1. Depois de terminar na última posição com Jenson Button, na Austrália e na Malásia não conseguir sequer chegar ao final com nenhum de seus carros, Ron Dennis afirma que na China a equipe vai utilizar os mesmos motores que usou em Sepang.

[publicidade]No último domingo, Fernando Alonso teve que deixar a prova mais cedo por problemas de refrigeração no sistema de recuperação de energia (ERS), já Button abandonou por problemas no turbo do motor Honda.

Embora admita que tenha que trocar alguns componentes dos propulsores, Ron Dennis deixou claro que não será necessário aposentar os motores utilizados na Malásia e que a McLaren deve utilizar os mesmos na etapa chinesa, próxima do calendário.

“A principal parte do motor não foi danificada, porque nós paramos antes do fim. Por isso iremos utilizar os mesmos na China, entretanto mudaremos alguns componentes de confiabilidade”, disse.

Mesmo com os problemas, Dennis garante que foi positivo o final de semana na Malásia, pois a equipe evoluiu em alguns aspectos: “Há toda uma série de pontos positivos que tiramos do fim de semana. Acho que somos muito fortes em algumas partes do circuito. É evidente que não estamos onde queremos estar com o motor, e nem a Honda está, mas estamos no caminho certo”, afirma.

O chefão da McLaren mais uma vez deixou claro que não se arrependeu de ter um acordo com a Honda e planeja um carro muito melhor a partir da temporada europeia: “Sim, é um desafio no momento, mas estamos trabalhando duro com a Honda e nós vamos chegar lá mais cedo do que as pessoas imaginam. Será na Europa que teremos um ritmo um pouco melhor”, finaliza.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias