Mecânico da Ferrari passa por cirurgia após fratura

51,915 visualizações

O mecânico da Ferrari que sofreu uma fratura na perna durante o pitstop que colocou fim à corrida de Kimi Raikkonen no Bahrein passou por cirurgia bem-sucedida.

Francesco Cigarini se preparava para encaixar uma nova roda traseira esquerda durante a segunda parada de Raikkonen quando o finlandês recebeu por engano o aviso para deixar o box.

Raikkonen passou por cima da perna esquerda de Cigarini, o que, segundo a Ferrari, provocou fraturas na tíbia e na fíbula. 

Cigarini foi transferido ao hospital e usou suas redes sociais no início da segunda-feira para confirmar que sua cirurgia foi um sucesso.

“A operação correu bem. Quero agradecer a todas as pessoas que perguntaram sobre mim, preocupadas. Um grande ‘obrigado’. Abraços.”

Raikkonen, novo no Instagram, respondeu: “Melhore logo, parceiro!”

Depois da corrida, a Ferrari começou uma investigação do por que seu sistema automatizado disse a Raikkonen que o pitstop estava concluído e de que ele podia deixar o box.

O sistema engata a luz verde quando o carro possui quatro rodas instaladas, mas, no caso, a roda traseira esquerda de Kimi não havia sido removida, de modo que, quando ele saiu, seu carro ainda contava com o pneu antigo.

Raikkonen, então, usava pneus de compostos diferentes (três supermacios e um macio), o que descumpre as regras. Por isso, Raikkonen foi instruído a parar na saída do box.

A Ferrari recebeu uma multa de 50 mil euros pela liberação insegura, enquanto que espera por um resultado para sua investigação na segunda-feira. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias