Mercedes admite interesse em Verstappen mas é reticente

compartilhar
comentários
Mercedes admite interesse em Verstappen mas é reticente
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
17 de dez de 2015 11:55

Holandês desperta interesse de Toto Wolff, mas o austríaco respeita contrato com a Red Bull: “não vamos interferir”

Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso
(L to R): Tabatha Valles, Scuderia Toro Rosso Press Officer with Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso and Carlos Sainz Jr, Scuderia Toro Rosso
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso STR10
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso rookie of the year

Tido como a grande sensação da temporada de 2015 da Fórmula 1, Max Verstappen movimenta o mercado de pilotos para as próximas temporadas. O chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse que pensa em contar com o piloto de 18 anos no futuro, mas entende que há muita coisa em jogo envolvendo a Red Bull.

Se o piloto não tiver um carro competitivo até 2018 por mãos da Red Bull, Verstappen deverá estar livre do contrato com a marca.

"Ele é um rapaz para se observar", disse Wolff ao MOTORSPORT.COM. "Eu pessoalmente gosto dele. Gosto do approach de pai e filho e da forma como a relação dos dois colaborou na carreira esportiva de Max. Ele definitivamente tem seu lugar na F1.”

"Ele não é um assunto para nós, porque ele está sob um contrato longo com a Red Bull.”

"E se há uma coisa com toda a controvérsia em F1 que eu sempre vou reconhecer, é que se você desenvolver um piloto para a F1 como a Red Bull tem feito com tantos riscos, acho que este compromisso deve ser honrado.”

"Nós não vamos interferir nesta relação. Se as coisas chegarem até nós, então ok. Mas se não, não."

Sem arrependimentos

Wolff manteve conversações com Verstappen em 2014 sobre a possibilidade de ele se juntar à Mercedes, mas eventualmente perdeu o negócio para a Red Bull, que pôde lhe oferecer um lugar na Toro Rosso.

Apesar da forma impressionante de Verstappen, Wolff insiste que não se arrepende de nada.

"Não, porque eu não poderia oferecer um programa estruturado de desenvolvimento com uma avenida clara e um caminho claro para Max.”

"Eu senti que ele tem um grande talento e senti que seria bom tê-lo na equipe.”

"Mas nós só seríamos capazes de oferecer uma vaga de piloto de testes, reserva, ou um lugar na GP2 ou no DTM. Certamente Helmut Marko (consultor da Red Bull) foi capaz de oferecer mais a ele.”

"É absolutamente lógico que ele tenha passado por esse caminho."

Próxima Fórmula 1 matéria
Ricciardo é cauteloso com futuro: não quero ser como Alonso

Previous article

Ricciardo é cauteloso com futuro: não quero ser como Alonso

Next article

Alonso sabia onde estava entrando, diz Ron Dennis

Alonso sabia onde estava entrando, diz Ron Dennis
Load comments