Mercedes compara Nico/Hamilton à rivalidade Senna/Prost

compartilhar
comentários
Mercedes compara Nico/Hamilton à rivalidade Senna/Prost
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
17 de nov de 2015 11:20

Paddy Lowe acredita que a dupla da escuderia prateada lembra a histórica parceria entre Senna e Prost em 1988 e 1989

(L to R): Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 and team mate Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 in the FIA Press Conference
(L to R): Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 and team mate Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 in the FIA Press Conference
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06 leads team mate Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W06 leads team mate Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06
Pódio: vencedor Ayrton Senna e Alain Prost
Ayrton Senna e Alain Prost, companheiros e rivais na McLaren
Pódio: vencedor Ayrton Senna, Alain Prost e Thierry Boutsen

Diretor técnico da Mercedes, Paddy Lowe afirmou em entrevista ao Motorsport.com que a dupla formada por Lewis Hamilton e Nico Rosberg tem semelhanças com a era Ayrton Senna/Alain Prost na McLaren.

Nesta temporada, Hamilton e Rosberg venceram 15 das 18 provas disputadas, ajudando a Mercedes a conquistar o bicampeonato do Mundial de Construtores.

Com a vitória em Interlagos, Rosberg conquistou o segundo Grande Prêmio consecutivo e assegurou o vice-campeonato. O título já estava garantido desde a etapa dos Estados Unidos por Hamilton.

De acordo com Lowe, foi positiva a recuperação de Rosberg nas últimas corridas para chegar mais motivado para a temporada 2016.

“É importante ter dois pilotos fortes e motivados. E isso inclui acreditarem que podem vencer, não apenas corridas, mas campeonatos. Temos esses talentos na equipes e não posso me lembrar de nada igual desde Senna/Prost”, disse Lowe.

“Isso torna o automobilismo fantástico. Às vezes somos criticados por nosso domínio, portanto temos de oferecer alguma competição entre os dois pilotos”, comentou.

“Acredito que temos dois pilotos capazes de entregar, porque ambos podem ser mais fortes que o outro em diferentes pistas. Isso é perfeito.”

O diretor da Mercedes afirmou que não há uma explicação óbvia para a recente superioridade de Rosberg em relação a Hamilton.

“Não há provavelmente ninguém mais frustrado que o Lewis Hamilton. Alguém me perguntou se o Lewis perdeu um pouco a motivação depois de ser campeão. Claro que não.”

“Lewis fica mais p... que todos quando perde. Ele tem bom humor, mas por dentro está pensando: ‘merda’. Ele tem muito respeito pela habilidade do Nico.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Max Verstappen bate marca de Vettel após GP do Brasil

Previous article

Max Verstappen bate marca de Vettel após GP do Brasil

Next article

Ferrari crê que vantagem da Mercedes foi menor no Brasil

Ferrari crê que vantagem da Mercedes foi menor no Brasil
Load comments