Mercedes é mais cautelosa que Ferrari em pneus para China

Time alemão divide estratégia entre pilotos, mas seleciona apenas seis compostos ultramacios para prova em Xangai

A Pirelli revelou as seleções de pneus das equipes da Fórmula 1 para o GP da China de 2018, com a campeã Mercedes favorecendo uma abordagem conservadora.

A fornecedora levou o composto supermacio como o mais macio disponível para as edições de 2016 e 2017 da corrida de Xangai, mas o pneu de parede vermelha estará ausente desta vez.

Ele será substituído pelo ultramacio, que estará ao lado do macio e do médio.

Os pilotos das flechas de prata terão apenas seis conjuntos do composto de pneus mais macio disponível, com Lewis Hamilton também escolhendo seis jogos de pneus macios.

A escolha contrasta com a atual líder do campeonato de construtores, a Ferrari, que escolheu oito conjuntos de ultramacios para seus pilotos – que terão apenas três conjuntos do macio e dois conjuntos de médio.

A Red Bull optou pelo meio-termo entre suas duas rivais na F1, e, como a Ferrari, optou por não dividir estratégias. Max Verstappen e Daniel Ricciardo terão sete conjuntos de pneus ultramacios e quatro sets de macios.

A única outra equipe além da Mercedes a escolher seis conjuntos de ultramacios foi a Force India. A equipe indiana também terá três jogos de pneus médios – uma escolha correspondida apenas por Charles Leclerc, da Sauber.

Selected sets per driver

Foto: Pirelli

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pista Shanghai International Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias