Mercedes explica ordem de equipe a Bottas no fim

compartilhar
comentários
Mercedes explica ordem de equipe a Bottas no fim
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
22 de jul de 2018 15:52

Time não queria dar chance a má sorte após abandono de Sebastian Vettel. Finlandês entende pedido

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, and Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, wave in celebration of victory
A safety car leads Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, leads Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09 and Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, celebrates victory
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, celebrates victory in parc ferme

Chefe da Mercedes, Toto Wolff disse que a equipe impôs ordens a Valtteri Bottas no GP da Alemanha porque não queria arriscar sua dobradinha.

Lewis Hamilton havia conseguido ficar à frente de seu companheiro de equipe após o Safety Car, causado por um acidente de Sebastian Vettel.

No reinício da corrida, Bottas desafiou brevemente Hamilton – mas quase imediatamente o chefe de estratégia da Mercedes, James Vowles, instruiu o finlandês a manter sua posição.

Falando sobre o raciocínio para impedir a luta, Wolff disse que a equipe não queria arriscar perder pontos valiosos no momento em que precisava responder ao ritmo da Ferrari.

"Antes de mais nada, não tínhamos o carro mais rápido e precisávamos progredir para as próximas corridas, porque isso é o mais importante", disse Wolff à Sky.

“Ainda estava chovendo no momento e a luta foi muito intensa. Havia tudo a perder com a má sorte que tivemos nas últimas corridas, e queríamos manter a calma naquele momento.”

Com a Mercedes tendo enfrentado azar nas últimas corridas – incluindo um abandono duplo na Áustria e o confronto de Hamilton com Kimi Raikkonen na Grã-Bretanha – Wolff não se esquivou do fato de que a sorte esteve do time em Hockenheim.

"Toda a má sorte que tivemos voltou para nós com uma tremenda boa sorte", disse ele. "E aquilo me faz feliz."

Embora Bottas tenha ficado desapontado ao ver uma oportunidade para sua primeira vitória da temporada escapar, ele disse que aceitou a tática da Mercedes.

"Tivemos uma pequena batalha na primeira volta após o Safety Car com Lewis", disse ele. "Eu não passei e eles me disseram para minimizar o risco, o que eu entendo."

Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso: "Em 2021 eu não estarei na Fórmula 1"

Previous article

Alonso: "Em 2021 eu não estarei na Fórmula 1"

Next article

Hamilton: “Quando choveu, sabia que teria uma boa posição”

Hamilton: “Quando choveu, sabia que teria uma boa posição”
Load comments