Mercedes fica pela 1ª vez na era híbrida 3 GPs sem ganhar

compartilhar
comentários
Mercedes fica pela 1ª vez na era híbrida 3 GPs sem ganhar
16 de abr de 2018 13:43

Time alemão não sabia o que era ficar três provas sem vitória desde 2013; Hamilton bate recorde de pontuação de Raikkonen

Podium: race winner Daniel Ricciardo, Red Bull Racing, second place Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1, third place Kimi Raikkonen, Ferrari
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09
The Safety Car leads Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, and the rest of the field
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, makes a pit stop
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, Charles Leclerc, Sauber C37 Ferrari, Marcus Ericsson, Sauber C37 Ferrari, and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09

A vitória parecia nas mãos de Valtteri Bottas até a metade do GP da China do último domingo. No entanto, o toque dos dois carros da Toro Rosso e a entrada do Safety Car na pista marcou uma nova derrota para o time alemão, que não teve resposta para os pneus macios mais novos de Ricciardo nas voltas finais.

O segundo em Xangai é um marco para a escuderia alemã com sede em Brackley, na Inglaterra. Jamais, em nenhuma das 82 corridas anteriores desde 2014 até aqui, o time ficou três provas sem vencer.

Tetracampeã nos últimos quatro anos, o time foi o que mais conseguiu vitórias neste tempo, somando nada menos que 63. Neste ano, apesar de ter conquistado a primeira pole do ano com Lewis Hamilton, a Mercedes ainda não conseguiu ganhar nenhum GP.

A última vitória da equipe foi ainda no GP de Abu Dhabi, última etapa de 2017, com o finlandês Valtteri Bottas. Já Lewis Hamilton está desde outubro de 2017 sem vencer. Sua última vitória foi no GP dos EUA. Porém não é a pior sequência de Hamilton na era híbrida, já que ele ficou oito provas sem ganhar entre 2015 e 2016.

Ainda assim, Lewis pôde comemorar neste final de semana um recorde histórico: o britânico se tornou o piloto que mais vezes pontuou seguidamente na história da Fórmula 1. Hamilton superou as 27 corridas do finlandês Kimi Raikkonen entre 2012 e 2013 e acumula agora 28 provas nos pontos.

A última vez que Lewis zerou foi no GP da Malásia de 2016, quando vinha liderando e o motor de sua Mercedes estourou.

Confira os dez momentos mais marcantes do GP da China 

Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso: vitória de motor Renault é motivação para a McLaren

Previous article

Alonso: vitória de motor Renault é motivação para a McLaren

Next article

Wolff: Bottas foi esperto ao evitar acidente com Ricciardo

Wolff: Bottas foi esperto ao evitar acidente com Ricciardo

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias