Mercedes: GP do Brasil mostra que Verstappen precisa amadurecer

compartilhar
comentários
Mercedes: GP do Brasil mostra que Verstappen precisa amadurecer
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
19 de nov de 2018 16:11

Chefe da equipe alemã acredita que acidente com Ocon ainda mostre que holandês tem coisas a assimilar

Chefe da Mercedes, Toto Wolff disse que os confrontos de Max Verstappen com Esteban Ocon dentro e fora da pista em Interlagos indicaram que ele ainda tem coisas a aprender na Fórmula 1.

Wolff há muito tempo se diz fã de Verstappen, tendo tentado contratá-lo antes de o holandês se comprometer com a Red Bull.

"Você pode ver que há um futuro campeão aqui", disse Wolff quando perguntado sobre o tamanho da ameaça de Verstappen que enfrentará na próxima temporada. “Ele tem um talento inacreditável e muita velocidade”.

"E eu acho que uma vez que tudo estiver em posição, ele será alguém que será campeão mundial um dia. Em alguns anos, ele vai olhar as imagens de hoje e talvez ter sua própria opinião sobre se esse foi o comportamento certo ou não.”

"Mas você não pode acelerar essas coisas, isso é um processo de aprendizagem."

Wolff defendeu as ações do protegido de Mercedes, Esteban Ocon, que foi penalizado pelo confronto com Verstappen em Interlagos.

"As emoções estão em alta, e acho que o incidente foi lamentável. Ele estava com um pneu novo, muito mais rápido, tentou passar, o que é justo."

“Então eles bateram, e porque Max estava na liderança foi um incidente que eu tenho certeza que Esteban queria evitar, em vez de estar lá na imprensa recebendo todas as críticas.”

Assim como Wolff, o campeão mundial de pilotos da Mercedes, Lewis Hamilton – que herdou a liderança após o incidente em questão e acabou vencendo a corrida – defendeu as ações de Ocon na tentativa de passar por Verstappen.

"Tenho certeza de que não há uma regra que diga que você não pode tirar a sua volta", disse ele quando questionado pelo Motorsport.com. “Eu fiz isso antes. Em última análise, quando você está na posição do Ocon, você não tem nada a perder”.

“Você quer passar, você tem pneus muito mais rápidos e está preso. Se você tem pneus muito mais rápidos e o cara na frente não está indo rápido – o que Max não estava, ele estava poupando seus pneus – você tenta ir para frente.”

"Do meu carro, não parece que foi 100% de um lado, mas talvez 60/40 quem sabe."

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, passes a spinning Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, after the latter suffers a collision with Esteban Ocon, Force India VJM11 Mercedes.

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, passes a spinning Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, after the latter suffers a collision with Esteban Ocon, Force India VJM11 Mercedes.

Photo by: Andy Hone / LAT Images

Next article
Leclerc diz progresso da Sauber não se deve às atualizações

Previous article

Leclerc diz progresso da Sauber não se deve às atualizações

Next article

Presidente do conselho da Nissan/Renault é preso no Japão

Presidente do conselho da Nissan/Renault é preso no Japão
Load comments